Estudos Biblicos, saiba como se defender das seitas em um mundo moderno.

Aleister Crowley

 

Aleister Crowley REVELADO!

Copilado e comentado por David J. Stewar 

Crowley era um Mestre Satânico do século 20

 

A hierarquia das sociedades secretas era profundamente envolvida no ocultismo negro desde que existiram. Isso inclui o ritual de sacrifício de crianças e bebês. Esse conhecimento foi mantido nas mentes da sociedade com amplitude até recentemente. Agora é uma questão de tempo para massa de pessoas se tornaram completamente cientes da agenda real por trás das sociedades secretas e o propósito verdadeiro de por que existem.

 

 

 

 

 

Aleister Crowley – começou nos níveis mais alto da franca maçonaria e no alto sacerdotal de Golden Dawn, disse: “Uma criança de cor branca de perfeita inocência e inteligência é a vítima mais conveniente para nós.”  

 

 

Nos Estados Unidos a cada ano 400,00 crianças são desparecidas. No Reino Unido são 98, 000.
 
 
 

A grande Influência de Crowley no Rock (e seus Fãs)

 

Para não fazer você pensar que Aleister Crowley (nascido como Edward Alexander Crowley, 1875-1947) era apenas um grande otário que ninguém o levaria a sério, pense novamente. Crowley Tinha uma grande influência sobre o rock moderno. Sem conhecimento para a maioria dos Americanos, muito das músicas Diabólicas que eles idolatram foram escritas e cantadas pelos seguidores devotos de Ceowley e seu satanismo.        

O Guitarrista Jimmy Page de Zeppelin é um seguidor devoto do Satanistas, Aleister Crowley, que o próprio se declarou como sendo os números “666 da Besta”. Aleister Crowley também era dos 33° e 97° graus da maçonaria e é reconhecido como o mestre Satanistas do século 20. Em 1971, o Guitarrista Jimmy Page comprou a Casa de Boleskine na margem de Losh Ness onde Crowley praticava os seus rituais de magia sexuais satânicos e diabólicos, incluindo o sacrifício humano. O Guitarrista Jimmy Page na verdade, realizou os rituais mágicos de Crowley durante seus consertos. A sua música “Escadaria para o céu” que tem como referencia a “Rainha May,” a qual é supostamente o nome do terrível poema escrito por Crowley. Page havia inscrito no disco vinil do seu álbum Led Zeppelin III, a fama de Crowley “ Faça o que você quiser, contribua com qualquer um”.” Page e Robert Plant alegam que algumas de suas musicas vieram do ocultismo,” incluindo a mais popular “Escadaria para o céu.”            

A capa do algum the Sergeant Pepper pelos os Beatles mostrava um plano de fundo recheado pessoas famosas, segundo Ringo Starr, as pessoas que “gostamos e admiramos” (Hit Parade, Outubro de 1976, P. 14). Paul MacCartney falou da capa do Sgt. Pepper, “… vamos colocar fotos de todos os HERÓIS na frente...” (Musician, Special Collectors Edition, - Beatles e Rolling Stones, 1988, p.12). um dos Heróis incluído na capa era – o infame Satanista, Aleister Crowley! Onde a maioria das pessoas em 1967, nem ao menos sabiam quem era Aleister Crowley – mas os Beatles certamente sabiam.
 

Sgt. Pepper

Vamos colocar fotos de todos os HERÓIS na frente da capa.

 

“Herói” Aleister Crowley é o Segundo do lado esquerdo no topo da Lina:

 

Os Beatles aparentemente levavam a sério os ensinos de Crowley. “O beatle John Lennon, em uma entrevista, diz que a grande idéia dos Beatles” era a frase famosa de Crowley “Faça o que quiser”:

“A Grande idéia dos Beatles era fazer o que você quiser. Correto? A responsabilidade e sua, faça o que quiser e não tente ofender as pessoas, Ok? FAÇA O QUE QUISERES desde que não venha machucar alguém...” (“A entrevista para a playboy de John Lennon e Yoko Ono”, por  David Sheff and G. Barry Golson, p. 61).

 

 

A foto a esquerda: a maioria das pessoas reconhecem o sinal satânico feito com as mãos o qual John Lennon está fazendo do lado direito; mas, poucas pessoas imaginam que o sinal do “OK” o qual Paul Mccrtney está fazendo na parte mais baixa do lado esquerdo também é muito satânico. O “OK” é na verdade, os três 6, cada um dos três dedos verticais formando um 6 individual. 666!

 

 

 

 

 

 

Contador de Visitas